15 setembro 2012




"A mulher inteligente aquece – as outras nem aquecem nem arrefecem.
A mulher inteligente é inteligente na pele, nos lábios, nas orelhas, no nariz, no rabo. A inteligência da mulher inteligente alastra-se, contrasta-se. A mulher inteligente lambe como se lesse Dostoiévski, fornica como se citasse Proust, abraça como se tivesse descoberta a cura para a morte. E é: a cura para a morte está em abraçar como se fosse a cura, em fornicar como se fosse Proust, em lamber como se fosse Dostoiévski. A mulher inteligente faz de tudo o que faz um acto inteligente. A mulher inteligente, apesar de ser inteligente comó catano, não deixa de ser selvagem comó catano. Nada é mais selvagem do que a inteligência da mulher inteligente. A inteligência da mulher inteligente é animalesca, anárquica, sedenta, esfomeada, predadora, insaciável. Sem deixar de ser racional, organizada, consolada, vítima, realizada. A mulher inteligente é os dois lados de todo o lado. A mulher inteligente é todo o lado de todos os lados. A inteligência da mulher inteligente não tem rei nem roque – e é por isso que ela é uma rainha, uma estrela, a senhora de todas as senhoras."



in "EU SOU DEUS" de Pedro Chagas Freitas



5 comentários:

Skin n Under disse...

A inteligência não tem sexo e o sexo não intrefere no tipo de inteligência. Logo, se o texto fosse dedicado ao homem inteligente seria exactamente igual.

Fogo disse...

Pois eu adoro mulheres inteligentes...

Patrícia Manhão disse...

Skin: É verdade, a inteligência nada tem a ver com género.
No entanto - pelo que ouço - entre os homens inteligentes existe pouco de "selvagem, animalesco, anárquico, sedento etc".
Para tristeza das mulheres inteligentes.

Já eu, sou uma sortuda :-)


Fogo: São as únicas que valem a pena :-)

Skin n Under disse...

Andas a ouvir nos sítios errados creio. Assim, de repente, para não achares que faço publicidade enganosa a mim próprio, lembro-me de um nome (infelizmente, já morreu): Charles Bukowski.

Patrícia Manhão disse...

Não pensei que falasses de ti próprio. A sério.
Sei-te modesto :-)
E, penso-te, muito inteligente.
Quanto aos restantes homens, não posso saber...
Mas como só me dou com mulheres inteligentes, ou elas têm muito má pontaria ou então o "problema" está mesmo nos homens.

 
;