25 setembro 2012




"Não estou aqui para que gostem de mim.
Estou aqui para aprender a gostar de cada detalhe que tenho.
E para seduzir somente o que me acrescenta.
Adoro a poesia e gosto de descascá-la até à fractura exposta da palavra.
A palavra é o meu inferno e a minha paz.
Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que me deixa exausta.
Por isso, não me venham com meios-termos, com mais ou menos ou qualquer coisa.
Venham a mim com corpo, alma, vísceras, tripas e falta de ar..."


- Autor desconhecido








3 comentários:

Fogo disse...

Humm... gosto de vir aqui :)

Skin n Under disse...

Ir sem meios-termos é algo que muito poucos são capazes.

Patrícia Manhão disse...

Fogo: Fico contente :-)


Skin: True.

 
;