12 março 2010

Betray My Secrets





"Há no teu olhar beleza proibida
e vorazes animais há nos meus dedos.
Cascatas de mel e azul da manhã
emergem dormentes numa sede de vagar.
Há no teu olhar demónios, pecado e carne
bálsamos, pele e cheiro a fruta.
Dentro de mim, manso estremecer padece
sedento numa lágrima de saliva.
Ai inquietação!

E quando os teus olhos tomam os meus,
anseio morrer num não querer
que os meus cerrem os teus!

E se ao que busco em mim saber
me responderes, diz que não!

Hei-de fazer desta morte minha cura
e de ti, insana paixão...
olhar que à noite não me procura!"








Obrigado ;-)

4 comentários:

BlackQuartzo disse...

Thank you Patrícia.

Sammael disse...

excelente espaço...muito bom gosto!

Lidio H. F. Jr. disse...

pisaram repisaram e pisaram de novo...

tudo muito lindo!

GM disse...

No, I won´t. :)

Tudo perfeito! Lindo(a)..

 
;